Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

● Secretário de Integração de Juruti foi parar no xilindró - O bonitão encheu a lata e atraído pelo poder de Deus ou do Diabo, entrou numa Igreja Evangélica com seu carrão desgovernado.

● GOVERNO PISSIQUENTO – SECRETÁRIO DE INTEGRAÇÃO DE JURUTI FOI PRESO ENCACHAÇADO – Recente o ex-secretário de Infraestrutura Sebastião Soares foi preso em uma operação da Polícia Civil, agora o secretário de Integração Fernando Esteves foi parar no xilindró até o tucupi, dirigindo sua caminhonete vermelho PT, quando na noite deste domingo (21), atraído por Deus ou pelo Diabo, invadiu uma Igreja Evangélica no bairro do Maracanã – A polícia conduziu o secretário para o xilindró e guardou ele até passar a cachaça, não houve feridos, só danos materiais. 

● O Juiz da 2ª Vara Criminal de Santarém, Dr Rômulo Brito fala com exclusividade para O Impacto sobre a questão das drogas em Santarém – Ele diz que os juízes estão preocupados com a quantidade apreendida nos últimos meses, Santarém é rota do tráfico interestadual.

● Coletiva com a imprensa sobre o Residencial Moaçara II foi cancelada, engatou capim na hélice...

● CAPIM NA HÉLICE  - CANCELADA A COLETIVA DE IMPRENSA DO RESIDENCIAL MOAÇARA II – Estava marcado para esta manhã segunda (22) uma coletiva com a imprensa, da Prefeitura de Santarém com a Caixa Econômica Federal, o assunto seria sobre o cadastro dos futuros moradores do Residencial Moaçara II, mas engatou capim na hélice e a Caixa deu última forma cancelando o encontro com a imprensa que iria acontecer no Ciam, na Av Adriano Pimentel Orla de Santarém, a nova data ainda vai ser confirmada pelo pessoal da Caixa, vamos aguardar!

● 'QUE TIRO FOI ESSE?': conheça Jojo Todynho, cantora do hit do momento - Funkeira foi descoberta após vídeos na web e participação em clipe de Anitta - De Bangu ao estrelato!

domingo, 21 de janeiro de 2018

A moral da história é que o combate à corrupção não é a panaceia para nossos problemas fiscais, embora possa ajudar.

Há a percepção de que uma forte queda da corrupção fará aparecer no caixa do Tesouro Nacional algo como R$ 200 bilhões. Esse número fatídico tem sido divulgado sem que haja nenhuma referência a algum estudo sistemático que o origine.

Três motivos principais sugerem que as coisas não são tão simples.

O primeiro motivo é que o combate à corrupção tem um custo. Ou seja, para saber quanto aparecerá no caixa do Tesouro, é necessário calcular números líquidos do custo do combate à corrupção.

Erros como esse são comuns em estatísticas dessa natureza. Com frequência divulgam-se na imprensa números sobre desperdício de alimentos. O subtexto é que a sociedade poderia ser muito mais rica se não houvesse o desperdício. O problema é que não se consideram os investimentos necessários para reduzir as perdas. O ganho para a sociedade será o resultado líquido.

Ou ainda com as perdas da Sabesp na distribuição de água nos domicílios. As perdas precisam ser computadas de forma líquida (sem trocadilho) dos custos de reduzi-las.

O segundo motivo a sugerir que o custo fiscal da corrupção é bem menor do que se imagina é que muitas vezes consideramos como corrupção a incompetência pura e simples e problemas de gestão do Estado. Ambos são problemas seríssimos, mas de natureza distinta da corrupção.

Por exemplo, a maior parcela dos prejuízos da Petrobras com a construção da refinaria de Abreu e Lima (PE) e do Comperj (RJ) deveu-se a problemas de projeto e de execução das obras. A corrupção, muito elevada, respondeu por R$ 6 bilhões, ante perdas de R$ 44 bilhões no balanço da empresa de 2014 -ou seja, a corrupção respondeu por 14% das perdas patrimoniais contabilizadas.

Um terceiro motivo é que algumas vezes a corrupção reduz a ineficiência da economia pois funciona como um lubrificante que diminui o atrito do sistema: é comum termos regulação complexa e excessiva e, nesses casos, a corrupção, apesar de imoral, pode aumentar a eficiência do sistema e, portanto, provavelmente ocorrerá em uma economia de mercado.

Não se trata, obviamente, neste último caso, de defender a corrupção. Muito melhor do que o lubrificante mencionado é ter regras simples e bem desenhadas. E, mesmo que não seja assim, a lei tem que ser cumprida, independentemente da questão da eficiência. Mas, se o assunto é custo da corrupção, não se pode deixar de mencionar esse fator numa análise objetiva da realidade.

A moral da história é que o combate à corrupção não é a panaceia para nossos problemas fiscais, embora possa ajudar.

Por exemplo, no último ano houve queda apreciável de gastos com o programa auxílio-doença e a aposentadoria por invalidez a partir de um pente-fino promovido pelo Ministério da Ação Social. Pessoas não elegíveis aos programas recebiam os benefícios. Evidentemente, como discuti na coluna de 2/4/2017, o combate à corrupção nesses programas tem o custo de, em alguns casos, levar à recusa do benefício a pessoas que são de fato elegíveis. A razão é que não há sistema de filtros que seja perfeito.

O combate à corrupção é uma agenda complexa e permanente. O combate à corrupção pela repressão policial e pela ação direta da Justiça é só um dos elementos dessa agenda.

Mudanças legislativas que reduzam as oportunidades e aumentem e deem mais eficácia aos instrumentos de investigação –principalmente quando se trata de crimes de colarinhos branco, que não deixam rastros– são igualmente importantes.

Se é verdade que o combate à corrupção não fará aparecer R$ 200 bilhões no caixa do Tesouro Nacional, é provável que a construção de um marco legal que desestimule fortemente a corrupção produza fortes impactos sobre o crescimento de longo prazo do país.

Ou seja, provavelmente a ligação entre corrupção e caixa do Tesouro Nacional existe, mas o grosso dela se dá de forma indireta, mediada pelo crescimento econômico. Não há dúvida de que o combate à corrupção é uma importante bandeira, mas devemos entender de forma realista os ganhos que ela pode trazer. E não a usar para tapar o sol com a peneira em relação à necessidade imperiosa de fazer o ajuste fiscal.


● PARÁ FI-DUMA-ÉGUA - Bando assalta a Secretária de Esporte do Pará e um delegado de polícia em Igarapé-Miri... putitanga!

● SECRETÁRIA DE ESPORTE DE JATENE E POLICIAL SÃO ASSALTADOS POR QUADRILHA EM IGARAPÉ-MIRI - A violência anda solta nos quatro cantos do Pará e ninguém está mesmo a salvo. Até a secretária de Esporte do Governo Simão Jatene,  Renilce Nicodemos, junto com um delegado - que ainda não teve o nome divulgado -, e outras cinco pessoas foram rendidos e vítimas de um assalto na noite de sábado (20). Seis homens fortemente armados são os responsáveis pelo crime, que aconteceu em frente a uma venda de açaí, na PA 151, no município de Igarapé-Miri, nordeste paraense. Das vítimas foram levados aparelhos celulares e outros objetos de uso pessoal. O DOL entrou em contato com a Secretaria de  Comunicação do Governo (Secom) que  adiantou que não sabe se Nicodemos estava em agenda de trabalho e que ainda não conseguiu contato com a secretária, por isso não se pronunciou até o momento sobre o assunto. (DOL)

O povo tá perdendo a paciência com essa empresa lariquenta, tô aqui fazendo um alerta, alô Celpa pegue leve que o povo, tão pra fazer merda com vocês...

● REDE CELPA ESTÁ ABUSANDO DA PACIÊNCIA DO CIDADÃO PARAENSE – A situação da Rede Celpa no Pará está passando do limite, uma empresa que vem abusando da paciência do cidadão paraora, praticando preços abusivos, os terceirizados que ela contratou para cortar e religar a energia são abusados, como eles ganham por corte, não respeitam feriado, nem as famílias, agora veja bem; quem gera a energia nas hidrelétricas são as águas dos rios que é do povo, ah mais eles pagam imposto pela água usada nas usinas, é mentira, o imposto que eles pagam para o governo eles repassam no talão de luz para o abestado do cidadão pagar  - Sinceramente, a gente está assistindo governadores algemados na TV, quando vão prender o dono da Rede Celpa? Ou o gerente? O povo tá perdendo a paciência com essa empresa lariquenta, tô aqui fazendo um alerta, alô Celpa pegue leve com o povo, tão pra fazer merda com vocês... 

sábado, 20 de janeiro de 2018

● PARABÉNS DOUTORA! Juíza de Goiás autorizou candidaturas avulsas - Fim dos famigerados partidos políticos no Brasil, que não passam de organizações lariquentas.

● JUÍZA LIBERA CANDIDATURA AVULSA NA ELEIÇÃO DE 2018 - A juíza eleitoral Ana Cláudia Veloso Magalhães, da 132.ª Zona Eleitoral de Goiás, autorizou candidaturas avulsas – possibilidade de uma pessoa não filiada a um partido se candidatar – nas eleições deste ano. A decisão, tomada na quarta-feira, 17, tem caráter liminar. A magistrada comunicou o Tribunal Superior Eleitoral para que inscreva ‘candidato não vinculado a partidos políticos’. “Forte no disposto no artigo 300 do Código de Processo Civil, concedo a medida cautelar, para determinar que o Tribunal Superior Eleitoral, órgão responsável pelos programas das urnas eletrônicas a serem utilizadas nas Eleições Gerais de 2018, através de sua unidade de Tecnologia da Informação, desenvolva naquelas seus softwares e códigos fontes para que estejam inscritos os códigos necessários para inscrição de candidato não vinculado a partidos políticos, com previsão de número próprio”, ordenou. A decisão da juíza atende pleito do advogado Mauro Junqueira e da União dos Juízes Federais (Unajufe). Ana Cláudia Veloso Magalhães pediu que, em cinco dias, o TSE cumpra a decisão e informe ‘as medidas adotadas para implementação da presente decisão e o prazo para sua execução, sem prejuízo dos testes que se devem ser executados juntamente com o sistema, na forma das audiências públicas já previstas’. A Lei nº 13.488/2017, a chamada Minirreforma Eleitoral, estabeleceu, no ano passado, que é ‘vedado o registro de candidatura avulsa, ainda que o requerente tenha filiação partidária’. Em outubro, o Supremo Tribunal Federal reconheceu a existência de repercussão geral em uma ação sobre candidaturas avulsas. Não houve julgamento de mérito na ocasião. O Tribunal Superior Eleitoral, na mesma época, encaminhou à presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, um estudo em que alerta para os riscos do lançamento de candidatos sem vinculação partidária nas próximas eleições. Já a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, enviou parecer à Corte máxima no qual defende a possibilidade de que haja candidaturas avulsas nas campanhas eleitorais no Brasil. (Estadão Conteúdo)

● Comentário esportivo de Luiz Carlos Botelho – Uma analise por dentro do Campeonato Paraense de 2018, os detalhes dos bastidores com o “Tio Lalá” - De onde vêm os 10 milhões usados no Parazão?

● Nesta segunda (22) prefeito e vice de Santarém vão falar para a imprensa sobre o cadastro do Residencial Moaçara II

● SANTARÉM - PREFEITO E VICE VÃO FALAR PARA A IMPRENSA SOBRE O CADASTRO DOS FUTUROS MORADORES DO RESIDENCIAL MOAÇARA II – Está tudo certo para a coletiva do Prefeito Nélio Aguiar e do vice-prefeito José Maria Tapajós às 09h30m no auditório do Ciam na orla da cidade, nesta segunda (22) – Para esclarecer e deixar transparente todos os aspectos do cadastro das pessoas que devem morar no Residencial Moaçara II - Também vão estar presentes, a Procuradoria Geral do Município, o Secretário de Infraestrutura, a titular da Semtras e o representante da Caixa Econômica Federal – A coletiva será exclusiva para a imprensa, falada, escrita, virtual entre outras. (Karla Lima)  

● Temer disse para a Folha de SP que não vai sair da presidência sujo, chamado de ladrão, este ano vai se dedicar a recuperar sua moral, ele garante que tentaram acabar com ele, mas é duro na queda e vai dar a volta por cima – Uma coisa é certa, o Temer não se acanha com nada, sempre se mantém firme e determinado as suas ações, sejam corretas ou não.


sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

● Cidadão do Paraná aciona o STF com pedido habeas corpus preventivo em favor de Lula, o Blog conversou com ele que nos disse: “Não quero fama, quero que a justiça cumpra suas normas e não politizar as decisões.”

● STF ANALISA PEDIDO DE HABEAS CORPUS PREVENTIVO PARA LULA - Está na Presidência do Supremo Tribunal Federal (STF) um pedido de habeas corpus preventivo em favor do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. De acordo com a coluna Expresso, da revista Época, o documento é assinado por Benedito Silva Júnior, de 24 anos e morador de Rolândia, no interior do Paraná. O autor pede deferimento para “sobrestar os efeitos da execução da pena até o julgamento do writ (ordem) em última instancia”. De acordo com a legislação, qualquer pessoa pode ajuizar a ação. (Política Livre)

● Caçador de marajás, anuncia que vai ser candidato a presidência da república - Collor pode rachar os votos do caçador de borboletas Jair Bolsonaro

● COLLOR ANUNCIA QUE É PRÉ-CANDIDATO À PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA PELO PTC - O senador Fernando Collor de Mello (PTC-AL) anunciou nesta sexta-feira, 19, que pretende se candidatar novamente à Presidência da República nas eleições gerais deste ano. “Digo a vocês que esse é um dos momentos mais importantes da minha vida pessoal. Hoje, a minha decisão está tomada: sou, sim, pré-candidato à Presidência da República”, afirmou o senador alagoano, que participou de um evento na cidade de Arapiraca com a prefeita Célia Rocha (PTB). Apelidado de ‘caçador de marajás’, Collor venceu em 1989 a primeira eleição direta após a redemocratização do País, derrotando vários candidatos, entre eles Leonel Brizola (PDT), Ulysses Guimarães (PMDB) e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), com quem disputou o segundo turno. Ele comandou o País entre 1990 e 1992, quando sofreu impeachment, por suspeita de corrupção. (Estadão Conteúdo)


● MUITO TRISTE - Atropelamento mata um bebê e deixa 17 feridos em Copacabana (RJ) - Motorista omitiu do Detran que tinha epilepsia. O documento mostra que as respostas sobre remédios e tratamentos de saúde estão rasuradas.

● Leitor arengueiro, deixou na caixinha de arenga do Blog um incentivo para o deputado Faleiro se mudar para Porto Alegre...

● LEITOR COXINHA TIRA SARRO – “O DEPUTADO AIRTON FALEIRO DIZ QUE VAI DIA 24 PARA PORTO ALEGRE, VÁ LOGO DE VEZ DEPUTADO” – Um leitor que se assina como Coxinha mandou para a caixinha de arenga do Blog: “Vinencci, tu já viste o filme do deputado Airton Faleiro no Facebook dizendo que vai para Porto Alegre? Vamos ajudar ele ir de vez pra lá mano, faz aí no teu Blog uma campanha para ajudar ele a ficar pra lá junto com o Lula que com certeza vai ficar junto com o Cunha e o Cabral, que acabou de chegar em Curitiba kkkk”__ Nota do Blog: Nem sabemos o que dizer...rs!

● Deputado Chapadinha acredita que um raio cai no mesmo lugar duas vezes... inda cai...

● ÚNICO E DONO DO PODEMOS NO PARÁ CHAPADINHA DÁ COMO CERTA SUA REELEIÇÃO – O deputado Francisco Chapadinha (PODE) tem se arvorado pelos quatro cantos do Pará com um sonho de criança, que ele é o Presidente do Podemos no Estado, o único candidato a deputado federal pelo partido e que todos vão trabalhar pela sua reeleição – Ainda não caiu a ficha de que sua atuação nestes quatro anos foi de “pilha fraca” – A crise política nacional  engoliu seus planos, não vai ter mais o Eder Mauro para emprestar voto para reelege-lo e os cabos eleitorais dele são tudo “pilha fraca” também - Só um milagre salva o Chapadinha, eu não acredito que um raio caia no mesmo lugar duas vezes. 

● Nossos irmãos do interior recebendo uma atenção especial do Governo Ludugero – Mais cidadania, mais dignidade com respeito e seriedade, assim que tem que ser - Chega emocionar o cidadão que reconhece as boas ações da Prefeitura de Oriximiná.

● Leitores do Blog pedem encarecidamente as autoridades, que liberem o empreendimento da Buriti, são muitos sonhos do povo para aquela região que estão sendo acorrentados...

● PEDIDO DO LEITOR - DOUTORES DA LEI POR FAVOR, LIBEREM A BURITI, O POVO QUER O EMPREENDIMENTO – A guerra nos tribunais, contra o maior projeto de expansão urbana do Oeste do Pará está deixando o povo santareno sem esperanças, o Blog tem recebido muitos pedidos para que a gente faça um apelo direto aos corações dos homens da Lei, que estão com a caneta nas mãos, que liberem esse empreendimento, pois tem muita gente querendo investir lá, já esperaram seis anos, muitos sonhos, muitos projetos de desenvolvimento estão parados, pensem que no futuro vocês vão poder se orgulhar de ter contribuído para que aquela área saísse da desgraça da invasão desordenada e passasse a ser um lugar planejado, organizado e moderno... Apelo feito em nome de nossos leitores. 

quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

● RETORNA AO PRIMEIRO AMOR – Canção para o Cristoval 2018, letra e música de Everaldo Cordeiro, os arranjos de Marcos Bocó e a produção musical e Wallace Bentes - Com participação de Ádria Góes, Pe Alessandro Miranda, Ana Paula Araújo, Cléo Neves, Priscila Castro, Sheza Oliveira, Wander de Andrade e Wallace Bentes - Apoio: Dr. Ildemar Portela.

● Na Bahia mataram Roberto do PT, que caguetou para a Lava Jato o ex-gerente da Transpetro, José Antonio de Jesus que está preso.

● EMPRESÁRIO QUE AJUDOU A INCRIMINAR EX-GERENTE DA TRANSPETRO É ASSASSINADO NA BAHIA - O empresário José Roberto Soares Vieira, o “Roberto do PT” de 47 anos, que ajudou a Lava Jato a rastrear pagamentos ao ex-gerente da Transpetro, José Antonio de Jesus, foi assassinado nesta quarta-feira na cidade de Candeias, na Bahia. Em 21 de novembro de 2017, na 47ª fase da Lava Jato, Vieira prestou depoimento à Polícia Federal e afirmou que seu ex-sócio e agente público recebia pagamentos de empresas contratas por subsidiárias da Petrobras sem ter prestado qualquer serviço. O Ministério Público Federal chegou a pedir sua prisão temporária, indeferida pelo juiz Sérgio Moro. José Antonio também chegou a ter seus bens bloqueados. O ex-gerente da subsidiária da Petrobras foi preso no dia 21. A promotoria suspeita que ele e intermediários realizaram operações para receber R$ 7 milhões em propinas pagas pela empresa NM Engenharia entre setembro de 2009 e março de 2014.O Ministério Público Federal rastreou pagamentos de R$ 2,3 milhões supostamente em benefício ao ex-gerente da Transpetro e pediu a conversão da prisão temporária (por cinco dias prorrogáveis) em preventiva, sem prazo determinado. (REDAÇÃO REDE TV)
● O CRIME - Na manhã de quarta-feira (17), o ex-vice prefeito de Ourolândia, José Roberto Soares Vieira, 47 anos, conhecido como Roberto do PT, foi assassinado na cidade de Candeias, na região metropolitana de Salvador. Segundo informações, um homem não identificado vinha há dois dias pedindo emprego na empresa de Roberto, que falou que aguardasse ate surgir uma vaga. Já nesta manhã, quando Roberto chegada na loja com o seu motorista, foi abordado novamente pelo homem. Ao baixar o vidro do carro, Roberto foi atingido por disparos de arma de fogo efetuados pelo elemento, que fugiu do local em uma moto com um comparsa. A Polícia Civil investiga o caso e não há informações sobre a real motivação do crime. Familiares ainda não definiram, se o sepultamento será em Candeias, ou na cidade de Ourolândia. Augusto Urgente. (BDM)

● OLHA ESSA! Questão de um concurso público em Morrinhos Goiás era sobre o racismo baseado na passagem bíblica (Gênesis 9:25) – “Canaã filho de Noé se embriagou e por isso foi condenado a escravidão” - As respostas da pergunta são absurdas, vejam isso, brasileiro tem de ser estudado urgentemente pela Nasa.

● Comunitário denuncia que a Ilha do Amor em Alter do chão, está sob o comando dos cabeludos das caretas de Durepox

● INGRISILHA EM ALTER DO CHÃO – HIPPIES ESTÃO MORANDO NA ILHA DO AMOR – Logo cedo em Santarém da chuva sagrada que alaga para vicejar a vida amazônica, comunitário de Alter do chão, a praia mais bela do Brasil pedia nas rádios de Santarém, ajuda para retirar os hippies que fizeram da Ilha do Amor a casa deles em pleno paraíso  sagrado dos Borari – Simplesmente se estabeleceram na praia e lá fazem suas viagens interplanetárias, naturebalizando o ambiente, com seus arames tortos e suas ideologias sem futuro – Eu se fosse a comunidade de Alter do chão apelava para o bom no gatilho Bolsonaro, junto com seus fanáticos armados até os dentes, para dar um golpe revolucionário e retomar de volta a Ilha do Amor que está nesse momento sob o comando dos cabeludos das caretas de Durepox... rs! 

Contudo, há uma “contradição” no fato de pedirem o cancelamento da licença municipal, alegando que o lago por ser da União, estaria fora da abrangência do Município, contudo, o próprio Ibama desembargou a obra baseado nas licenças municipais...

Não, amigos, não inverti os papéis, é que por algum tempo imaginei que apenas os empresários e a grande maioria da população de Santarém – aquela que depende da criação de novos empregos pela iniciativa privada – fossem as únicas vítimas de uma “militância ideológica” desenfreada, mas percebi que a “instituição Ministério Público”, também é tão vítima quanto nós! Essa instituição que se tornou essencial para o Brasil através da operação Lava-Jato, e que já foi um refúgio para a população que via no MP um meio de buscar soluções para suas angústias, hoje, lhe vê como causadora de uma das piores angústias que um pai de família pode ter: O DESEMPREGO!
Após o desembargo da obra pelo Ibama em Brasília, muitos já esperavam o reinício das obras e a venda dos lotes no empreendimento Buriti, pessoas trabalhadoras, mas que “infelizmente” não são “pescadores artesanais” para serem amplamente defendidas pelos “justiceiros” do bem, de forma que pudessem garantir também seu direito de sustentar suas famílias. Esses “renegados” pelo Procurador, são pedreiros, carpinteiros, eletricistas, corretores de imóveis, serventes, arquitetos, engenheiros, projetistas, vendedores de material de construção, vendedores de alimentos…etc! Essa turma que também está PRESENTE na sociedade, mas que parece não merecer a atenção dos “guerreiros ecológicos” que lutam pela “manutenção” do estilo de vida de uns, e esquecem da sobrevivência dos demais.
Em uma cidade onde existem mais de trinta mil cadastros no Bolsa Família, ou seja, se calcularmos 30 mil benefícios por famílias compostas de quatro pessoas, temos um impressionante número de CENTO e VINTE MIL pessoas ligadas diretamente ao benefício, quase metade da população, número esse que é quase o equivalente aos 40% de famílias que vivem com meio salário mínimo, bem acima dos menos de 20% de empregos formais, ou seja, de carteira assinada entre os trabalhadores aptos ao mercado de trabalho.
Mas por que se importar com essa coisa chata de estatística sob a ótica de toda uma população, se você está “garantindo” o estilo de vida dos índios, quilombolas, pescadores artesanais e agora também, invasores de terra?
A mais nova alegação dos “onipotentes e oniscientes” do MP, é que o Lago do Juá é um bem da União, sendo assim, atrai a competência da Justiça Federal, ou seja, se o bem é da União, o ente licenciador seria o Ibama, e isso “justificaria” a ação do MP na Justiça Federal cancelando a licença municipal, fazendo assim com que o processo de licenciamento volte à estaca zero!
Contudo, há uma “contradição” no fato de pedirem o cancelamento da licença municipal, alegando que o lago por ser da União, estaria fora da abrangência do Município, contudo, o próprio Ibama desembargou a obra baseado nas licenças municipais. E mais, o próprio Juiz Federal diz em sua decisão que cabe à SEMAS a competência de licenciar. Mas se o lago é um bem federal, e essa justificativa foi usada para caçar as licenças municipais, o licenciador não deveria ser o Ibama ao invés do Estado? E se o Ibama já havia desembargado a obra utilizando a licença do Município, não estaria, então, a obra regular? Eis a contradição!
De qualquer forma, o Juiz Federal pede que o licenciamento seja conduzido pela SEMAS, para que se faça a tal consulta prévia aos pescadores “artesanais” do Juá, EIA/RIMA (de uma área já degradada pela primeira invasão em 2009, que acabou com a vegetação nativa da área?), contenção da erosão (sem que a empresa possa trabalhar!?), o que é o extremo do absurdo! Rechaça todos os processos da Justiça Estadual dizendo que não são do mesmo objeto, e pelo fato do lago ser bem da União, a competência judicial seria da Justiça Federal, ao mesmo tempo que nomeia o Estado como órgão licenciador!!?? Além de todas essas contradições, colocam em dúvida, todas as licenças concedidas pela Semma de Santarém.
Entretanto, existe um parecer do Ibama sobre uma obra no leito do rio Tapajós, nas proximidades do lago Mapiri, onde o órgão federal foi específico alegando que, “não é o simples fato da obra ser no rio Tapajós, que deverá remeter à competência ao Ibama”.
O Procurador fala tanto em dano ao lago pela Buriti, mas há uma perícia do órgão oficial do Estado, dizendo que a obra não causou qualquer dano ao lago, enquanto que na invasão ao lado e no Minha Casa Minha Vida, não foi feita nenhuma perícia. Portanto, onde está a “imparcialidade” do Procurador nessas horas?
Seguindo a lógica do Procurador, sobre o aspecto do Lago do Juá sofrer influência do rio Tapajós, e a isso ser o suficiente para intervenção federal, então todos os empreendimentos às margens dos rios Tapajós e Amazonas, obrigatoriamente deveriam ter licenciamento emitido pelo órgão federal. Pousadas, bares, restaurantes e residências desde Alter do Chão passando pelo Pajussara até o Maracanã, aeroporto, Iate Clube, Usina de “tratamento” de esgoto no Mapiri, Ufopa, Petróleo Sabbá, Fogás, CDP, Cargill, Orla da Tapajós, Bertolini, Unirios, portos de cargas e passageiros, Mascotinho etc!
Pergunto; foi tudo licenciado pelo Ibama?? Todos nós sabemos que não! Então, por que só a Buriti que está a 1,5 km de distância da margem do rio, e a 600 metros do lago do Juá, merece esse “tratamento diferenciado”??
A alegação beira o ridículo! Falar em dano ambiental ao Juá, jogando a conta no empreendimento, fazendo todas essas exigências, invocando responsabilidade solidária integral, estando ali o Minha Casa Minha Vida e a INVASÃO, mostra a “imparcialidade” e a ânsia de “justiça” do “excelentíssimo” Procurador!
Pois se os outros empreendimentos às margens do rio não foram contestados judicialmente em âmbito federal e prevaleceu a esfera estadual e municipal até hoje, por que deve ser diferente com esse loteamento residencial?
O Procurador citou um inquérito do MPF de 2012, mas só agora entrou com Ação Civil Pública, sendo que a invasão “AO LADO” está desde 2014, quatro anos degradando uma área maior que a da empresa.
Então, pergunto: Será que as águas servidas, o esgoto sanitário, e o lixo produzido pelos moradores da invasão não foram parar no lago durante todos esses anos? Ou só a água da chuva que passa pelo terreno do empreendimento que merece total atenção do sr.”excelentíssimo” Procurador?
Portanto, seria ótimo se os “justiceiros da ecologia” tivessem o mesmo senso de responsabilidade que têm com os povos tradicionais, abrangendo também os demais cidadãos santarenos, que não têm “culpa” de “existir” aqui!!

Fonte: RG 15/O Impacto

quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

● TV IMPACTO - Uma das fundadoras do PT em Santarém, companheira Socorro Pena, avalia situação do Partido dos Trabalhadores em relação ao julgamento de Lula no dia (24) – Ela garante que o PT não acabou e nem vai acabar.

● Parabéns Priante você é um exemplo - O campeão na gastança da verba de gabinete foi o deputado Eder Mauro, Chapadinha ficou com o troféu de 5° maior gastão de 2017

● DOS 17 DEPUTADOS DO PARÁ PRIANTE FOI QUEM MENOS USOU A VERBA DE GABINETE, EDER MAURO BATEU RECORDE E CHAPADINHA É O 5° MAIOR GASTADOR DO DINHEIRO DO POVO DO PARÁ – Em 2017 quem mais economizou verba de gabinete foi o deputado José Priante (MDB), ele devolveu R$ 212.971,16 para os cofres do povo, 2° lugar, ficou o Beto Salame (PP), que devolveu R$ 178.943,40 – Os 5 que mais pipocaram o dinheiro do povo em ranking decrescente: 5° lugar Chapadinha PDM, 4° Arnaldo Jordy PPS, 3° Simone Morgado, 2° Joaquim Passarinho e o recordista como o gastão do dinheiro do povo de 2017, foi o deputado Eder Mauro... Veja o ranking aqui▼  


● MULHERES SÃO PRESAS APÓS SEQUESTRO DE MENINAS DE ORFANATO - Caso aconteceu na Paraíba. Polícia investiga se motivação foi passional ou as duas meninas seriam vítimas de tráfico.

● O arquiteto maior do Pará deve presentear Santarém com um teatro - O Secretário de Cultura Luiz Pixica está trabalhando para que a obra saia do papel.

● SANTARÉM DEVE GANHAR TEATRO – O PROJETO É DO GENIAL ARQUITETO PAULO CHAVES - O único secretário de Estado, no Brasil, a se manter no cargo por dez anos ininterruptos, o arquiteto Paulo Chaves Fernandes, responsável por obras de restauro e revitalização da Estação das Docas em Belém e de grandes obras magníficas que mudaram a capital do Pará, agora pode estar presenteando Santarém com uma de suas obras – O Secretário de Cultura de Santarém Luis Alberto (Pixica) esteve em Belém tratando com Paulo Chaves, Secretário de Cultura do Estado, sobre a construção de um teatro municipal em Santarém, o projeto está prontíssimo e uma das metas do Governo Nélio Aguiar para este ano é viabilizar a obra – Nesse momento Pixica está em conversação com o prefeito Nélio Aguiar para a definição do local de onde será construído o novo Teatro Tapajônico, vamos aguardar!

● ÉPOCA NEGÓCIOS - Alagoas, Paraná, Ceará, Maranhão e Piauí são os únicos Estados do Brasil que estão no 'azul' - O Pará tá na juquira e quem assumir em 2019 vai pegar um juquirizal.

● CONTA DOS ESTADOS SAI DO AZUL PARA ROMBO DE R$ 60 BILHÕES - Em cinco Estados, no entanto, situação fiscal melhorou desde 2015 - Em um período de três anos, os Estados saíram de um resultado positivo de R$ 16 bilhões em suas contas para um déficit de R$ 60 bilhões no fim de 2017. Isso significa que os governadores assumiram seus postos, em 2015, com o caixa no azul e, se não tomarem medidas drásticas até o fim deste ano, vão entregar um rombo bilionário para seus sucessores.
O levantamento feito a pedido da reportagem pelo especialista em contas públicas Raul Velloso mostra o resultado de uma equação que os governos não conseguiram resolver: uma folha de pagamento crescente associada a uma queda na arrecadação de impostos por causa da crise econômica. "É o mandato maldito", diz Velloso. "Diante da pior recessão do País, os Estados saíram de um resultado positivo para um déficit histórico."
O Rio Grande do Norte foi o Estado cuja deterioração fiscal se deu mais rapidamente nesse período. Depois de ter acumulado um superávit de R$ 4 bilhões entre 2011 e 2014, entrou numa trajetória negativa até acumular um déficit de R$ 2,8 bilhões de 2015 a outubro de 2017.
Esse descompasso fiscal pode ser visto nas ruas. Com salários atrasados, a polícia civil entrou em greve e uma onda de violência tomou o Estado no fim do ano. Os policiais encerraram a paralisação, mas servidores da saúde continuam em greve.
Além do Rio Grande do Norte, os casos de desajuste fiscal que ficaram mais conhecidos foram os do Rio de Janeiro e de Minas Gerais. Mas outros Estados seguem o mesmo caminho, como Goiás, Pernambuco e Sergipe. Eles estão entre os mais mal avaliados pelo Tesouro Nacional sob o ponto de vista de capacidade de pagamentos. "Há uma fila de Estados prontos para passarem por uma crise aguda (como a do Rio Grande do Norte)", diz o economista Leonardo Rolim, consultor de orçamentos da Câmara.
Para o economista Marcos Lisboa, presidente do Insper, o grande vilão do déficit estadual é o aumento da folha de pagamento dos Estados, que precisa, a cada ano, arcar com um número maior de aposentados. "O envelhecimento da população é muito rápido e, por isso, o aumento dos gastos também." De acordo com o levantamento de Velloso, as despesas e receitas anuais dos Estados empataram em 2014, atingindo R$ 929 bilhões cada uma. Desde então, as receitas recuaram de forma mais abrupta: atingiram R$ 690 bilhões nos dez primeiros meses de 2017, enquanto as despesas somaram R$ 715 bilhões.
Do lado das receitas, além da crise reduzir a arrecadação com impostos, o corte de repasses do governo federal acentuou a dificuldade dos Estados. "Até 2014, o governo dava empréstimos que mascaravam a situação", afirma a economista Ana Carla Abrão Costa, que foi secretária da Fazenda de Goiás até 2016.
Se, nos últimos anos, o desajuste fiscal já obrigou a maioria dos Estados a reduzir investimentos, neste ano, o corte deve ser ainda maior. Isso porque, como é último ano de mandato, os governadores não podem deixar restos a pagar para os que assumirem em 2019. Tarefa que, para Velloso, é impossível. "Não tem a menor condição de eles zerarem esses déficits."
Já Rolim diz que os governadores poderão recorrer a manobras, como o cancelamento de restos a pagar. "É uma espécie de calote. Despesas com obras não concluídas, por exemplo, não tem problema, mas fornecedores poderão ficar sem receber."
Para Ana Carla, as contas vão acabar fechando porque o ano é de eleição. "Como não podem deixar restos a pagar, os Estados vão buscar recursos extraordinários como nunca", afirma. O superintendente do Tesouro de Goiás, Oldair da Fonseca, afirmou que o governo trabalha com austeridade para não deixar restos a pagar para 2019. Ele destacou que o déficit de 2017 ficará em R$ 900 bilhões - em 2015, havia sido o dobro.
O secretário das Finanças do Rio Grande do Norte, Gustavo Nogueira, afirmou que a raiz do problema é o déficit previdenciário. O governo de Pernambuco disse que não considera como despesa total as despesa empenhadas (autorizadas), como foi feito no levantamento, e que fechou o ano com receita para cobrir seus gastos. O de Sergipe não retornou.
O governo do Rio afirmou que sua situação foi muito prejudicada pela crise, já que sua economia é dependente da indústria do petróleo. O de Minas Gerais informou que já recebeu o Estado em situação delicada e que a folha de pagamento tem deteriorado as contas ainda mais.
● NO AZUL
Os Estados de Alagoas, Paraná, Ceará, Maranhão e Piauí foram os únicos cujas contas não se deterioraram nos últimos três anos. Com um déficit de R$ 3 bilhões em 2017, a situação de São Paulo ficou estável no período. Alagoas é um destaque no levantamento feito pelo economista Raul Velloso.
Apesar de altamente endividado, o Estado fez um ajuste fiscal que melhorou suas contas: o resultado passou de um déficit acumulado de R$ 548 milhões, entre 2011 e 2014, para um superávit de R$ 943 milhões. Para isso, foi necessário adotar medidas como a redução de 30% no número de cargos comissionados e o fim de cinco secretarias estaduais. Investimentos só se houvesse recursos da União.
O governo de Renan Filho (MDB) conseguiu elevar a receita, alterando seus tributos. A alíquota do ICMS sobre produtos supérfluos, como joias, passou de 12% para 27%, enquanto a do álcool caiu de 25% para 23%. Essas alterações também fizeram com que a avaliação do Tesouro em relação à capacidade de pagamento do Estado saísse de C, em 2016, para B, em 2017.
"Em 2015, não tínhamos condições de pagar as contas, precisávamos de recursos extraordinários. Agora, começamos a fazer investimentos em infraestrutura e saúde", diz o secretário da Fazenda, George Santoro. Ele destaca que o gasto com pessoal, porém, ainda é um desafio. "O aumento das despesas com aposentados e pensionistas é um problema." (Estadão Conteúdo)

terça-feira, 16 de janeiro de 2018

● ORIXIMINÁ - Nota da Semdurb - Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano sobre execução de obra de trafegabilidade.


● AI MEU SANTINHO - O MPF pediu 386 anos de xilindró para Cunha, e 78 para Alves por desvios no fundo de investimentos do FGTS

● PROCURADORIA PEDE 386 ANOS DE PRISÃO PARA CUNHA E 78 ANOS PARA HENRIQUE ALVES - Em alegações finais no âmbito da ação penal derivada da operação Sépsis, que investiga desvios no fundo de investimentos do FI-FGTS, o Ministério Público Federal (MPF) pediu à Justiça que os ex-presidentes da Câmara Eduardo Cunha (MDB) e Henrique Eduardo Alves (MDB) sejam condenados, respectivamente, a penas de 386 anos e de 78 anos de prisão. De acordo com a acusação, Cunha cometeu os crimes de corrupção passiva e ativa, lavagem de dinheiro e prevaricação. Henrique Alves, por sua vez, responde por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Além dos dois ex-parlamentares, que já estão presos, são réus no processo o ex-vice-presidente da Caixa, Fabio Cleto, o corretor Lúcio Bolonha Funaro e seu funcionário Alexandre Margotto. Os três assinaram acordos de delação premiada e, portanto, os procuradores sugerem o cumprimento das penas estipuladas nas negociações. As alegações finais são a última etapa do processo antes das sentença. Esse caso tramita na 10.ª Vara Federal em Brasília sob titularidade do juiz Vallisney de Souza Oliveira. Ainda por conta dos supostos prejuízos causados pela corrupção, os procuradores pedem uma multa de R$ 13,7 milhões para Cunha e R$ 3,2 milhões para Alves. Na peça, o MPF explica que os crimes imputados a eles são referentes apenas ao caso envolvendo a empresa Carioca Engenharia. O caso representa apenas 4% da propina recebido por Cleto enquanto vice-presidente de Fundos de Governo e Loteria da Caixa. “Ficou comprovado nestes autos, pelos elementos probatórios, assim como atualmente vem sendo descortinado em diversas operações realizadas, como é o caso das denominadas operações Sépsis, Cui Bono, Patmos e Lava Jato, entre outras, um esquema criminoso que utiliza ardilosamente a Administração Pública como forma de obter vantagens indevidas. Participavam desse conluio políticos, agentes públicos, operadores financeiros, empresários e outros agentes privados”, diz o MPF A operação Sépsis, origem do processo no qual o MPF pede a condenação dos emedebistas, foi deflagrada pela Polícia Federal e pela Procuradoria-geral da República em julho de 2015. A ação teve como base a delação premiada de Cleto e dos executivos da Carioca Engenharia que detalharam como o grupo político de Cunha e Alves se valiam da nomeação de diretores na Caixa para cobrar propina de empresas interessadas em aportes do FI-FGTS. No tópico em que define a dosimetria de pena e aponta a sugestão de 386 anos para Cunha e 78 para Alves, os procuradores Anselmo Lopes e Sarah Moreira, afirmam que os dois são “criminosos em série (criminal serial) ,fazendo da política e da vida pública um caminho para a vida delituosa.” “De fato, restou demonstrado no curso da ação penal que Cunha e Alves possuem personalidades voltadas para o crime, para a corrupção em seu sentido mais amplo. São pessoas que não demonstraram ou comunicaram, ao menos até o presente momento, qualquer arrependimento por seus crimes”, afirmam os procuradores. (Estadão)

● POLÍCIA BATIZA NOVO GOLPE DE BANDIDOS DE 'SEQUESTRO CRUZADO' - Bandidos agora, além de dizer que parente foi sequestrado, pedem que a pessoa se isole em hotel e depois ligam para a família dizendo que estão com ela... Se alguém ligar para você com essa conversa mole, chame a polícia.

● Estudos mostram que o caboclo do Parazinho tá barrigudinho de tanto tomar açaí com peixe frito, putitanga!

● BELÉM É A SEGUNDA CIDADE COM MAIS HOMENS OBESOS DO BRASIL - Belém está entre as capitais brasileiras com maior número de homens com excesso de peso e obesidade. Já as mulheres belenenses estão com a menor frequência de consumo de hortaliças. É o que revela um amplo estudo do Ministério da Saúde e a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANSS), que pesquisou vários indicadores de usuários de planos de saúde no país. O levantamento mostra que o número de indivíduos com excesso de peso e obesidade entre os beneficiários de planos de saúde continua crescente e alarmante. E o pior: a proporção dos adultos dentro desse universo com excesso de peso tem aumentado desde 2008, quando foi feito o primeiro levantamento, passando de 46,5% para 53,7%. O mesmo ocorre com a proporção de obesos, que aumentou de 12,5% para 17,7%. E mais: a frequência de beneficiários com diagnóstico médico de diabetes subiu em média 0,2% ao ano de 2008 a 2016.
NÚMEROS
As maiores frequências de excesso de peso foram observadas, no caso de homens, em Rio Branco (68,9%), Belém (67,8%) e Porto Alegre (66,1%). Já a frequência de adultos obesos variou entre 11,7% em Florianópolis e 22,3% em Manaus. As maiores frequências de obesidade foram observadas, no caso de homens, em Macapá (25,8%), Belém (25,3%) e Rio Branco (23,6%). Por outro lado, a pesquisa mostra que as menores frequências de consumo de hortaliças ocorreram, no sexo feminino, em Manaus (23,4%), Belém (25,2%) e Rio Branco (26,5%).
Hideraldo Cabeça, membro titular da Academia Brasileira de Neurologia, diz que, de modo geral, a pesquisa reflete o consumo inadequado de alimentos saudáveis. “A população do Pará tem hábitos de uso de alimentos ricos em carboidratos. Come-se muito farinha, sal, gorduras, arroz não integral e macarrão”. Ele lembra que na região existem alimentos saudáveis como açaí, peixes e inúmeras ervas e hortaliças, que muitas vezes são deixados de lado.
MUSCULATURA
A falta de atividade física regular e alimentação inadequada, prossegue o médico, levam sempre ao percentual alto de indivíduos com excesso de peso. “Com isso tem-se o aumento do adoecimento da população com o aumento de casos de infarto agudo do miocárdio, acidente vascular cerebral, hipertensão arterial, diabetes, síndrome metabólica, ronco com apneia do sono, além das doenças da coluna e articulações”, lista.
Para o médico não há outra saída senão a urgente e necessária educação da população e melhora na atenção básica, “para prevenir as principais doenças e, por conseguinte, o sofrimento da população, além de modificar a condição sócio econômica do indivíduo que adoece”, orienta.
Mas a pesquisa não trouxe apenas números ruins: mostrou também boas notícias como a redução da proporção de fumantes entre 2008 e 2016, que caiu de 12,4% para 7,3%, e a de indivíduos fisicamente inativos, que reduziu de 19,2% para 14,2%. O consumo de frutas e hortaliças aumentou de 27% para 30,5%. 

(Luiz flávio/Diário do Pará)

● Temer se reúne com diretor da Polícia Federal fora da agenda - O encontro só apareceu na agenda presidencial após divulgação do encontro pela Globonews.

segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

● CPI quer abrir a caixa preta da Secretaria de Meio Ambiente de Belterra - Vereadores pediram abertura de investigação, o bicho vai pegar...

● BELTERRA: VEREADORES QUEREM CPI PARA APURAR DENÚNCIAS DE CORRUPÇÃO NA SECRETARIA DE MEIO AMBIENTE DO GOVERNO MACEDO – O ano não começou bem para o Dr Macedo prefeito de Belterra, nesta segunda (15) os vereadores, Jonas Palheta líder do Governo (PSD), Auseni Monteiro, (PSDB) Tinem (PT) e Helivelton Noronha também do (PT), protocolaram requerimento para que seja aberta uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) investigação conduzida pelo Poder Legislativo, para desvendar supostas irregularidades na SEMAT Secretaria de Meio Ambiente de Belterra – A gestão da Secretária Alcione Oliveira é recheada de mistérios, muito disse-me-disse, muito nhem-nhem-nhem, como tudo no Governo do Macedo é na base da meia verdade, os vereadores, alguns são até parceiros do prefeito, querem abrir a caixa preta e quem sabe ferrar o gestor municipal – O que tem de verdade, é que os vereadores desconfiam de corrupção na pasta do meio ambiente, todo dia chega um cagueta, caguetando uma traquinagem, só a CPI pode confirmar se bate as acusações com a realidade, vamos aguardar!

● Luiz Carlos Botelho o “Tio Lalá” comenta a vitória do São Raimundo por 3X2 sobre o Cametá neste domingo (14) no Colosso do Tapajós pela 1ª Rodada do Parazão 2018.

● Papa Francisco está com medo, o mundo está "no limite" e uma guerra pode acontecer a qualquer momento – O barrigudinho líder da Coreia do Norte, Kim Jong-um, vive ingrisilhando com o presidente dos Estados Unidos, o peidado da cabeça Donald Trump - O mundo está nas mãos desses dois lariquentos... Putitanga!


● Diário do Pará cobra a banda do estádio Colosso do Tapajós prometida pelo governador Simão Jatene – Na verdade engatou capim na hélice e nunca terminaram essa ‘tar’ banda, parece pissica de caboclo da cabeça grande, é batata...rs!


● GILMAR MENDES É ‘HOMENAGEADO’ EM MARCHINHAS DE CARNAVAL - O japonês da federal e o prefeito de São Paulo João Doria são personagens do carnaval que passou. O muso dos compositores de marchinhas agora é outro: “Ele é uma figura que está no jornal diariamente. A gente acorda com ele quase todos os dias”, disse João Roberto Kelly, 79 anos, ao se referir ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e Presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Gilmar Mendes.

● CASAL DE PARAUAPEBAS GANHA FESTA DE CASAMENTO APÓS FOTO EM PONTO DE ÔNIBUS VIRALIZAR - Como dinheiro estava apertado, casal decidiu se casar apenas no cartório. Vestidos de noivos chamaram a atenção num ponto de ônibus no Pará - Wilma e Antonio se conheceram há dois anos e ficaram noivos há seis meses. Ela é dona de casa e mãe de três filhos e ele está desempregado. Como não podiam sonhar tão alto, decidiram se casar só no cartório. O casamento em Parauapebas, no interior do Pará, foi marcado para o dia 22 de dezembro de 2017. Ela vestida de noiva, e ele, de noivo. Foram de carona ao cartório e decidiram voltar para casa de ônibus.